black friday

Black Friday: Procon dá orientação para evitar problemas nas compras

As propagandas estão por toda parte: dia 26 é a Black Friday e os consumidores estão a procura de promoções, mas é importante ficar atento porque algumas vezes o barato pode sair caro. 

Conforme o Procon, entre as principais reclamações estão o aumento do preço dos produtos na semana que antecede a Black Friday, para “simular” um desconto nas datas seguintes, assim como propagandas enganosas sobre produtos fora das especificações anunciadas e atraso na entrega de compras online.



Uma equipe do Procon monitora os valores dos produtos e serviços à venda no mercado para verificar se houve aumento do preço antes do período da Black Friday.

Nas lojas físicas, os comerciantes são notificados a apresentar o relatório de vendas dos produtos referente aos últimos dois meses para comprovar se os descontos realmente acontecem.

Em 2020, 25 lojas físicas de Sorocaba foram notificadas pelo Procon. Dentre as irregularidades estavam preço com descontos incompatíveis com o anúncio em cartaz, aumento injustificado do preço às vésperas da Black Friday e empresas que não apresentaram a documentação solicitada em notificação.

Os interessados podem tirar dúvidas pelo site www.procon.sorocaba.sp.gov.br e www.consumidor.gov.br, além do telefone 151, de segunda a sexta, das 8h às 17h e pelo whatsapp (15) 99198-2958.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!