entrevista cdl

CDL pede liberação de comércio na Justiça

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Jundiaí (CDL) impetrou, na vara da Fazenda Pública de Jundiaí, um mandado de segurança contra o Governo do Estado de São Paulo para que Jundiaí não sofra as restrições administrativas impostas por conta da pandemia da região de Campinas.

Edison Maltoni, presidente da CDL Jundiaí e do Sindicato do Comércio Varejista de Jundiaí e Região (Sincomercio), em entrevista à TV Sorocaba SBT, disse que entrou na justiça porque a cidade de Jundiaí está em uma situação diferente a de Campinas e em plenas condições de ser enquadrada na fase 2 – laranja do Plano São Paulo de Flexibilização.

Para Maltoni as duas localidades têm situações hospitalares diferentes. Campinas, por exemplo, está enviando pacientes para a cidade de São Paulo por falta de leitos, o que não ocorre em Jundiaí.

Conforme já foi demonstrado pela administração municipal, Jundiaí e as demais cidades que compõem o aglomeração urbana de Jundiaí têm estrutura para atender os casos de Coronavírus e condições de pleitear sua autonomia em diversos setores, inclusive econômico.

Ele observa que o comércio é uma atividade essencial para o desenvolvimento econômico da região e geração de empregos e não pode sofrer as penalizações por conta de cenários diferentes.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!