gestor de saude jundiai

Comércio de Jundiaí e região na fase 1 – vermelha

A região de Jundiaí regrediu nesta segunda-feira (06) para a fase 1 – vermelha, do Plano São Paulo de flexibilização. Somente comércios essenciais podem funcionar. Lojas que  estavam abertas até o fim de semana amanheceram de portas fechadas nesta segunda. Apenas farmácias, bancos e lotéricas, serviços de saúde e o setor de alimentação, estão funcionando.

A volta de Jundiaí para a fase vermelha foi decisão do governo do estado no Plano São Paulo de flexibilização da economia. O município de mais de quatrocentos mil habitantes faz parte da região de saúde de Campinas que teve que regredir de fase. A decisão de fechar o comércio não essencial se baseia principalmente na capacidade hospitalar e no avanço dos casos de COVID 19.

Vale lembrar que na fase vermelha está proibido o funcionamento de lojas de rua, escritórios e shoppings. A possibilidade de mudança de fase no processo de reabertura será reavaliada daqui há quinze dias. Até este domingo Jundiaí registrava 209 mortes e mais de quarto mil e quatrocentos casos positivos de COVID 19. O nível de ocupação das UTIs está no limite.

Outra cidade que também está sendo obrigada a fechar o comércio nesta segunda-feira é a vizinha Itupeva, mesmo os números não sendo tão graves em relação as cidades próximas, segundo a prefeitura. O município é um dos principais da região com menor taxa de mortalidade em decorrência do Coronavírus. Até este domingo a cidade contabilizou 426 casos positivos da doença e 15 óbitos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!