Escolas da rede estadual seguem abertas para alimentação e distribuição de materiais na fase emergencial do Plano SP

Escolas da rede estadual seguem abertas para alimentação e distribuição de materiais na fase emergencial do Plano SP

Os 3,3 milhões de alunos da rede estadual de São Paulo iniciam, antecipadamente, o período de recesso, que seria no mês de abril e outubro, conforme o calendário escolar. A recomendação é para que todas as atividades nas escolas sejam reduzidas ao mínimo necessário para diminuir a circulação de pessoas.

O recesso será de duas semanas e vai até o dia 28 de março. A medida ocorre por conta das restrições apresentadas nesta quinta-feira na fase emergencial do Plano São Paulo.

Neste período as unidades estarão abertas para oferecer merenda escolar aos alunos que mais precisam. Também estarão disponíveis para a distribuição de material didático impresso e dos chips de internet aos alunos que fizeram adesão ao programa. Todos os atendimentos serão feitos com horário marcado.

As escolas devem se organizar para definir quais membros da equipe escolar estarão presentes a cada dia para realizar as atividades necessárias.

Escolas municipais

Em Sorocaba, as aulas na rede municipal de ensino acontecem de maneira remota, segundo modelo de Atividades Não-presenciais (ANP) e mantendo o canal de comunicação individual de cada escola com suas respectivas comunidades.

Sobre o retorno das aulas presenciais, o município está atento a todas as orientações e tomará essa decisão com toda responsabilidade.

Não há data prevista para o retorno das aulas presenciais

A Prefeitura de Itapetininga informa que, de acordo com decreto publicado nesta quinta-feira (11), ficarão suspensas, a partir do dia 12 de março de 2021 até o dia 30 de março de 2021 as aulas presenciais para os alunos das instituições de ensino municipais, estaduais, federais e particulares no município.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!