bar

Fintechs ajudam comerciantes durante pandemia

Por causa da pandemia muitas empresas, principalmente as pequenas, entraram em dificuldade financeira. As fintechs, que são startup’s que oferecem empréstimos com juros menores para empresas, têm ajudado bastante.

Alguns clientes, inclusive, ajudaram no investimento. O empréstimo veio de uma campanha desenvolvida por uma fintech nacional.

A ideia é sensibilizar clientes de empresas afetadas pela crise a investirem no negócio para que eles continuem funcionando.

Todo mês o investidor recebe uma parcela com o juros que garante o lucro no investimento.

A estimativa é de que até o final do ano esse número aumente para 450 micro e pequenas empresas sejam ajudadas em todo o país, o que deve gerar 25 milhões de reais em créditos investidos.

O Banco do Povo, programa de microcrédito desenvolvido pelo Governo do Estado de São Paulo, também registrou aumento no número de solicitações de crédito durante a pandemia.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Sorocaba, de março a junho foram mais de 200 solicitações, movimentando um total de 3 milhões e 200 mil reais de crédito para as micro e pequenas empresas.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!