bombeiro apagando fogo

Fogo volta a atingir fábrica de reciclagem em Mairinque

O incêndio que atingiu uma empresa de reciclagem de pneus continua em Mairinque. O fogo reapareceu e fumaça tóxica obriga que as aulas em creches próximas ao local sejam suspensas. Algumas empresas também fecharam as portas. O galpão ficou completamente destruído. Toda a estrutura de metal foi completamente consumida pelo intenso fogo e, segundo a defesa civil da cidade ainda existe o risco de desabamento.

Os bombeiros de Sorocaba e região se revezam no trabalho desde segunda-feira. As chamas tinham sido controladas, mas durante o rescaldo, o fogo voltou por conta das altas temperaturas embaixo das pilhas de pneus e do vento, que ajuda a espalhar o fogo. No local estavam armazenadas mais de 500 toneladas de pneus e ainda não há um prazo para que as chamas sejam completamente apagadas. Já foram usados mais de meio milhão de litros d’água.

Assim que o trabalho de combate às chamas terminar, a polícia vai investigar as causas do incêndio. A suspeita é de que um curto circuito em um esteira tenha atingido uma pilha de pneus que estava do lado de fora da empresa. Escavadeiras estão sendo usadas pelos bombeiros para retirar os objetos que sobraram. O objetivo é evitar novos focos de incêndio. A indústria vai usar esses caminhões para fazer o transporte para a outra unidade fica em guarulhos.

Por causa dessa fumaça tóxica, duas creches municipais que atendem cerca de 100 crianças estão com as aulas suspensas. A prefeitura também suspendeu os trabalhos em repartições públicas que ficam perto do local do incêndio. As atividades só devem ser retomadas depois que a defesa civil descartar o risco para a saúde dos funcionários e alunos.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!