votorantim julgamento suposto serial killer

Homem apontado como serial killer é julgado em Votorantim

Homem apontado como serial killer é julgado hoje em Votorantim

O julgamento começou às 10h30. Everton Júnior Soares é julgado pela morte de Mara Aparecida de Faria. Além dela, ele teria matado outras três mulheres entre 2014 e 2017. Jéssica Roberta Pereira de 30 anos, foi morta em 17 de maio de 2014. Rosângela da Cruz Silva, de 50 anos, foi assassinada em 18 de abril de 2015. Lúcia Yumi Ukai Fukany, de 52 anos, foi morta em 19 de março 2017.

Todas elas teriam sido estupradas e antes de morrer tiveram o rosto mutilado.  

A família da Mara compareceu ao julgamento e se revoltou na frente do Fórum com a presença do pai do réu. Houve discussão, a filha da vítima segurava um cartaz pedindo justiça. O pai do réu chegou a ser preso na época em que Mara foi morta, entretanto, depois de um ano, a justiça entendeu que ele não teve participação no crime.

O júri popular é composto por 7 pessoas, 4 mulheres e 3 homens. 

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!