Limpeza do Rio Tietê em Salto já tira mais de 80 toneladas de lixo

82 toneladas de garrafas, lama e outros dejetos já foram tirados da cidade de Salto, principalmente das margens do Rio Tietê. Esta segunda-feira foi o primeiro dia de limpeza do Parque de Lavras. O local funciona como uma barreira que retém resíduos trazidos pelas águas do rio Tietê. Entre o lixo, tem muito isopor, bastante plástico e madeira.

Só no Parque, 13 pessoas trabalham na limpeza, todo o material recolhido e colocado no caminhão pra seguir pro aterro sanitário. Em toda a cidade, a prefeitura recolheu 82 toneladas de lixo e resíduo sólido. Grande parte do lixo trazida pelo Tietê é produzida na grande São Paulo.

Devido as fortes chuvas na capital paulista o nível do rio aumentou quase cinco vezes. A vazão passou de 250 mil litros por segundo para um milhão e duzentos mil por segundo. A cidade chegou a registrar 12 pontos de alagamento, pelo menos 30 casas foram invadidas pelas águas poluídas do Tietê. Boa parte dos imóveis fica no Jardim Três Marias às margens do rio.

Dona Rita de Cássia que tinha deixado o imóvel por causa da enchente já voltou pra casa. Ela disse que agora é hora de recomeçar.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!