homem agredido

Homem diz ter sido agredido na UPH da Zona Norte em Sorocaba

E teve alta médica, agora pela manhã, o homem que foi agredido por um médico na UPH da Zona Norte, em Sorocaba. O autor teria sido o médico de plantão.

Um homem, identificado como Elias estevam gomes, de 43 anos, foi agredido por um médico chamado Marco Aurélio Candella na última madrugada da segunda-feira no pronto atendimento da Zona Norte, em Sorocaba.
De acordo com os familiares, o homem estava acompanhando o filho de 13 anos que estava passando mal. O menino estava com dor no peito, no músculo do rosto e tinha desmaiado duas vezes. No P.A ele passou por atendimento e só passaram soro para tomar e não fizeram nenhum exame, segundo a família. Elias achou ruim o atendimento oferecido pela equipe médica e foi pedir explicações, nisso dois seguranças seguraram ele, um de cada lado e o médico começou a agredi-lo. Ele ficou com vários machucados pelo rosto e está internado no hospital regional, deve passar por cirurgia.
A família elaborou um boletim de ocorrência na segunda-feira e o homem passou por exame de corpo delito. A polícia civil deve investigar o caso.

Em nota, a prefeitura de Sorocaba informou que a secretaria da saúde notificou o instituto diretrizes, que é o gestor da unidade. Foi solicitado um relatório completo para que o poder público possa tomar as providências necessárias. Porém, até o meio dia desta sexta-feira, o relatório não havia sido entregue. A expectativa é que isso ocorra até o final do dia. Nós também entramos em contato com o instituto, mas até o momento não tivemos resposta.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!