yuri macri ao vivo

Ministério Público investiga a compra de respiradores, máscaras e aventais na Santa Casa de Sorocaba

A investigação é do Ministério Público de Contas do Estado de São Paulo. Irregularidades foram encontradas nos valores dos produtos que foram comprados para o enfrentamento da covid-19. Agora o Ministério Público de Contas que já tem em mãos algumas notas fiscais, deve juntar mais material ao inquérito.

Para saber as reais condições das compras de máscaras faciais,máscaras cirúrgicas, aventais, medicamentos e a locação de respiradores.

A Prefeitura também expandiu o número de leitos na Santa Casa. Segundo, o Ministério de Contas, os valores estavam acima daquilo que é praticado no mercado.

A Prefeitura de Pindamonhagaba, foi usada com um exemplo,porque também expandiu leitos e gastou dezenove mil reais ao mês. Enquanto em Sorocaba, esse custo é de sessenta mil reais.

De 20/03 até 29/04 a Prefeitura gastou mais de dois milhões e meio com a compra de máscaras. A prefeitura tinha uma empresa com um orçamento de R$4,45 mas preferiu comprar de uma outra no valor de R$15,00.

Se tivesse escolhido a proposta mais baixa, o município teria economizado mais de um milhão e setecentos.

Nossa equipe enviou um e-mail para a prefeitura e a resposta é que o Ministério Público de contas ainda não fez nenhuma notificação sobre as investigações.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!