camera de monitoramento

Monitoramentos a distância crescem 30% na pandemia

Durante o período de pandemia da Covid-19, o setor de portaria remota (sem porteiro presencial) e gerenciamento à distância cresceu cerca de 30% em Sorocaba.

De acordo com o responsável por uma empresa da cidade, a procura por esse tipo de tecnologia aumentou, principalmente, para diminuir os gastos dos condomínios.

E em tempos de pandemia, com a recomendação dos especialistas de distanciamento social, o contato pessoal entre porteiros, funcionários, moradores e visitantes diminui com a ajuda deste sistema.

Leia também: Em tempos de pandemia, ir ao supermercado está ficando cada dia mais caro.

Segundo dados da Associação Brasileira de Empresas e Sistemas Eletrônicos de Segurança, Abrese, as regiões sul e sudeste foram as que mais aderiram a esse tipo de serviço no Brasil. São Paulo está em primeiro lugar na procura por essa tecnologia, com 43%, seguido do Paraná (13%) e Rio Grande do Sul (9,2).

O sistema de portaria remota, que funciona 24 horas por dia, é realizado com a ajuda de uma central de monitoramento que permite o acesso de pessoas ao local apenas com a autorização do responsável pela residência ou comércio.

1 Comentário

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!