reporter basilio magno

Operação da Polícia Federal em Itu

A Polícia Federal fez uma operação para investigar crimes eleitorais no Estado de São Paulo, nesta terça-feira (21). Mandados foram cumpridos em um condomínio de alto padrão em Itu. A operação faz parte da terceira fase da lava-jato junto a Justiça Eleitoral.

Foram cumpridos quatro mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão em Brasília, Itatiba, São Paulo Capital e  Itu.

A Polícia Federal não informou oficialmente se foi cumprido mandado de prisão temporária ou de busca e apreensão em Itu. A justiça bloqueou também contas bancárias dos investigados.

Um dos alvos da operação é o senador José Serra do PSDB. A investigação descobriu indícios de recebimento de doações eleitorais não contabilizadas por parte do senador, repassadas por meio de operações financeiras simuladas, que teriam como objetivo ocultar a origem ilícita dos valores recebidos. O montante repassado teria sido de R$ 5 milhões.

Foi apurada a existência de outros pagamentos feitos por grandes empresas, uma delas no setor de nutrição e outra da construção civil, todos destinados a empresas supostamente usadas pelo então candidato para a ocultação do recebimento das doações.

Os investigados vão responder pelos crimes de associação criminosa, falsidade ideológica eleitoral e lavagem dinheiro. As penas podem variar entre 3 e 10 anos de prisão.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!