sorocaba

Pesquisa vai identificar grupos de pessoas mais expostos à covid

Um estudo feito no interior do estado de São Paulo vai ajudar a identificar as mais expostas à covid19. Algumas residências de Sorocaba já estão recebendo a visita de pesquisadores.

Serão 5,5 mil casas em 11 cidades: Araçatuba, Bauru, Marília, São José do Rio Preto, São Paulo, Araraquara, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José dos Campos e Sorocaba.

De 30 de setembro a 3 de outubro, profissionais do IPEC (Inteligência em Pesquisa e Consultoria) estarão em Sorocaba para fazer a pesquisa de evolução da infecção por covid-19 em São Paulo.

A pesquisa é realizada para levantar o número de casos de infecção por covid-19 no Estado de São Paulo e para entender quais são os grupos profissionais mais expostos na pandemia, as novas variantes do coronavírus e aspectos da vacinação. Os resultados vão ajudar no desenvolvimento de políticas de vigilância sanitária, inclusive para futuras pandemias.

Os profissionais farão visitas em várias casas do município. As casas que recebem as visitas são selecionadas seguindo critérios estatísticos. O morador que vai participar do estudo é sorteado e deve assinar um termo de consentimento.

Os resultados não saem na hora. Eles serão fornecidos pela Unicamp (Universidade de Campinas) aos participantes através de mensagem de texto ou contato telefônico.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!