Prefeitura se prepara para o período de chuvas

Foi publicado na edição desta terça-feira (17) do jornal Município de Sorocaba o decreto que institui o Plano Verão 2020/2021. A operação acontece todos os anos no período de 1º de dezembro a 31 de março do ano seguinte e visa minimizar desastres naturais durante o período de maior incidência de chuva, com o objetivo de reduzir danos materiais e, principalmente, preservar vidas.

O decreto institui, ainda, o comitê executivo constituído por integrantes das secretarias, empresas e autarquias públicas municipais com o intuito de otimizar as ações de prevenção, mitigação, preparação, respostas e de recuperação em caso de desastre.

O desempenho da Operação Verão observará os seguintes níveis de ações: Estado de Observação (precipitações pluviométricas acumuladas até 59,9 mm em 3 dias, e monitoramento destes índices); Estado de Atenção (precipitações pluviométricas acumuladas a partir de 60 mm em 3 dias, pontos com alagamentos e previsão de precipitação pluviométrica contínua); Estado de Alerta (acumulado de 3 dias permanecendo em 60 mm ou superior com previsão de precipitação pluviométrica contínua, após vistoria das Equipes da Defesa Civil, remoção preventiva da população das áreas de risco iminente, identificadas pelas equipes); e Estado de Alerta Máximo (acumulado de 3 dias superior a 60 mm com previsão precipitação pluviométrica contínua e ocorrências em andamento, remoção de toda a população que habita áreas de risco, indicada por vistoria técnica).

Pontos monitorados

Sorocaba ainda tem 88 pontos críticos mapeados e suscetíveis a problemas decorrentes de alto índice de chuva: são 41 áreas de alagamento, 21 sujeitas à inundação e 26 a deslizamentos. Monitorados frequentemente, esses locais apresentam classificação 2 em termos de ocorrência e são considerados de médio impacto. Pelo Plano Verão, a Defesa Civil faz o acompanhamento das chuvas com monitoramento diário nos oito pontos de monitoramento instalados na cidade (ETA Cerrado, ETA Éden, São Bento, Paço Municipal, Retiro São João, Júlio & Júlio, Brigadeiro Tobias e Aparecidinha), de modo a proceder as ações necessárias que garantam a segurança das populações nesses locais.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!