reporter

Professores da rede estadual anunciam greve a partir de segunda-feira (8)

Os professores da rede estadual definiram no fim da tarde desta sexta-feira (5), em uma assembleia virtual, que vão entrar em greve a partir de segunda-feira (8).

Segundo a Apeoesp, o sindicato que representa a categoria no estado, mais de 80% dos professores votaram a favor da greve.

Essa greve significa, segundo a Apeoesp, que os professores não querem voltar ao trabalho presencial por entenderem que não há condição de um retorno seguro das atividades. Mas, ainda de acordo com o sindicato, os professores decidiram permanecer com o trabalho remoto.

Em nota, a presidente da Apeoesp, professora Bebel Noronha afirmou que, diferentemente de outras paralisações, agora o foco é a saúde, preservar vidas, tanto de professores, funcionários, estudantes e familiares.

A Apeoesp fez um levantamento em que constatou até agora 147 casos de covid em escolas. Todas tiveram algum tipo de atividade presencial.

Nota da Secretaria de Educação

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) lamenta que o sindicato se paute por uma agenda político-partidária completamente desvinculada do compromisso com o aprendizado dos alunos.

A Seduc tomará as medidas judiciais cabíveis e informa em caso de eventuais faltas, o superior imediato irá analisar a justificativa apresentada, de acordo com a legislação. Faltas não justificadas pelos profissionais serão descontadas.

A retomada das aulas é pautada em medidas de contenção da epidemia, obedecendo aos critérios de segurança estabelecidos pelo Centro de Contingência do Coronavírus, embasada em experiências internacionais e nacionais. Estudantes e profissionais com doenças crônicas ou fatores de risco devem permanecer em casa, cumprindo atividades remotas.

Para a retomada, a Seduc-SP adquiriu e distribuiu uma série de insumos destinados tanto aos estudantes quanto aos servidores, como:

  • 12 milhões de máscaras de tecido,
  • mais de 440 mil face shields (protetor facial de acrílico),
  • 10.740 termômetros a laser,
  • 10 mil totens de álcool em gel,
  • 221 mil litros de sabonete líquido,
  • 78 milhões de copos descartáveis,
  • 112 mil litros de álcool em gel,
  • 100 milhões de rolos de papel toalha,
  • 1,8 milhão de rolos de papel higiênico.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!