esdras

Sorocaba anuncia medidas restritivas no combate à covid-19

Após confirmação da circulação da variante de Manaus da Covid-19 no município, a Prefeitura implantará mais leitos, além de medidas restritivas.

Com o objetivo de intensificar, ainda mais, as ações de combate à covid-19, o prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, anunciou, na tarde desta quarta-feira (24), medidas restritivas no município, após a confirmação da circulação da variante de Manaus na cidade.

Outra medida anunciada foi uma nova ampliação de leitos Covid. A UPH Zona Norte terá mais 20 leitos, sendo 16 clínicos e quatro com suporte ventilatório avançado. A previsão é que esses leitos sejam ativados na próxima segunda-feira (29).

A UPA Éden também receberá reforço de leitos nos próximos dias, serão mais 40, sendo 20 para assistência geral (observação) e 20 clínicos Covid.

Variantes

Na noite desta terça-feira (24), a Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), recebeu a confirmação da identificação de quatro variantes da Covid-19 no município, sendo uma de Manaus, uma de Minas Gerais e outras duas que já circulam pelo país desde o ano passado.

Barreiras sanitárias

Devido à logística em parceria com a Polícia Rodoviária Militar, dois pontos das barreiras sanitárias precisaram ser remanejados. Sendo assim, os cinco pontos que terão a barreira sanitária são:

  • Av. Eng. Carlos Reinaldo Mendes (em frente ao Paço Municipal);
  • Av. Ipanema (próximo à entrada do Jardim Botucatu);
  • Av. Dom Aguirre (ao lado da Casa do Turista);
  • Av. São Paulo (altura do número 4.500);
  • Av. Armando Pannunzio (altura do número 1.120).
  • Também haverá uma blitz itinerante que percorrerá a cidade.

As ações iniciarão nesta quinta-feira (25) e durarão até o dia 4 de abril. As ações ocorrerão sempre das 7h às 22h. O objetivo das barreiras é impedir aglomerações e evitar que moradores da capital paulista, durante os feriados antecipados pela cidade de São Paulo, venham para o interior neste momento crítico da pandemia.

Nas ações, profissionais da área de saúde, com o auxílio dos agentes de trânsito e guardas civis municipais, vão solicitar a parada de veículos que passarem pela cidade para realizar o rastreamento clínico, onde será feita aferição de temperatura corporal dos motoristas e passageiros.

Também será inspecionado o uso de máscaras, álcool em gel e transmitida uma orientação educativa sobre evitar a circulação na cidade, sem necessidade. Pessoas de outras cidades serão orientadas a retornarem para o município de residência.

As pessoas que apresentarem suspeitas da Covid-19 serão orientadas e encaminhadas para uma unidade de saúde.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!