depoimento acidente

Vítima do acidente com avião presta depoimento na delegacia de Boituva

Um engenheiro e paraquedista que estava no avião que fez um pouso de emergência em Boituva prestou depoimento na manhã desta quinta-feira (12), na delegacia da cidade.

Ele relatou que o piloto do avião informou que todos deveriam ficar em posição de emergência, pois iria fazer um pouso forçado e que o avião tocou duas vezes o chão. Disse ainda que na terceira vez a aeronave bateu num barranco e virou de cabeça para baixo.

Um inquérito foi aberto para investigar as causas do acidente e todos os envolvidos foram convocados pela Polícia Civil para prestar depoimento. O piloto do avião é uma das pessoas mais aguardadas para trazer detalhes sobre o que ocorreu. Novos depoimentos devem ser dados durante os próximos dias.

O caso

Duas pessoas morreram no acidente envolvendo o avião de uma empresa de paraquedismo, no começo da tarde desta quarta-feira (11), em Boituva. Segundo o corpo de bombeiros, o piloto teria tentado fazer um pouso de emergência quando aconteceu o acidente.

Equipes de resgate de Boituva e região atuam na ocorrência. As vítimas foram socorridas para o Pronto Socorro da cidade e hospitais de Tatuí e Sorocaba.

O avião foi fabricado em 1992. Segundo a ANAC, o certificado de Aeronavegabilidade estava em situação regular.

Peritos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, a ANAC, foram acionados para acompanhar a ocorrência.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!