terminal ônibus-vazio-em-sorocaba

Sindicato dos rodoviários faz acordo com Prefeitura de Sorocaba.

Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e região fez uma proposta em reunião com URBES – Trânsito e Transportes na tarde desta quarta-feira (25). A ideia é implantar um plano de segurança para a operação do transporte neste período de pandemia do novo coronavírus (covid-19). Enquanto a prefeita Jaqueline Coutinho não se manifesta sobre a proposta, o transporte coletivo segue interrompido em Sorocaba.

A proposta é oferecer o transporte com 40% da frota aos trabalhadores das redes de saúde pública e particular, profissionais da segurança pública, trabalhadores da coleta de resíduos (lixo), ceasa e SAAE;

– pacientes em tratamento contínuo e com consultas marcadas, comprovadamente;

– pessoas doentes que precisam se locomover até as unidades de saúde.

As empresas de transporte devem disponibilizar luvas, máscaras de proteção e álcool gel a todos os trabalhadores em transporte.

A proposta foi formulada em reunião entre diretores do sindicato dos rodoviários de sorocaba e região, o presidente da urbes – trânsito e transportes sergio pires de abreu e o secretário de meio ambiente maurício tavares da mota.

Sem ônibus

A quarta-feira (25) foi de terminais de ônibus vazios em Sorocaba. Pelo terceiro dia, o transporte coletivo não funcionou na cidade. Isso mesmo depois de o tribunal regional do trabalho determinar a volta imediata dos ônibus às ruas.

A Prefeita Jaqueline Coutinho fez uma carta aberta contra a interrupção do serviço de transporte.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!