auxilio emergencial

Cidadãos têm auxílio emergencial negado pelo Governo

Dois trabalhadores autônomos, um de Sorocaba e outro de Votorantim, reclamam que não conseguem ter o cadastro ao auxílio emergencial aprovado pelo Governo.

No aplicativo da Caixa, que libera o valor de R$600,00 para quem tem direito ao benefício, consta que eles são ‘candidatos eleitos’. Ou seja, para o Governo, eles seriam políticos.

Os dois admitem que foram candidatos nas eleições municipais de 2016, mas não conseguiram ocupar o cargo de vereador.

auxilio emergencial governo

O auxílio emergencial, benefício criado pelo Governo Federal para trabalhadores Informais, Microempreendedores Individuais (MEI), autônomos e desempregados tem o objetivo de fornecer ajuda financeira a esses profissionais durante o período de crise causada pela pandemia da covid-19.  

Em nota, o Ministério da Cidadania disse que todos os cadastros feitos pelo aplicativo e que estiverem errados não precisarão ser refeitos. Esses casos já foram reajustados como ‘reanálise’ e todos que tiverem direito receberão as parcelas do benefício. O prazo para pedir o auxílio termina no dia 2 de julho através desse site.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!