Sorocabanos na Europa falam sobre segunda onda de covid-19

Sorocabanos na Europa falam sobre 2ª onda de covid-19

Depois de meses de estabilidade, os números diários de novos casos de Corona vírus bateram recorde em diversos países da Europa. Segundo a organização mundial da saúde, os casos medidos pelo acumulado em sete dias cresceram quase 150% de outubro a novembro.

Eliel Alves saiu de Sorocaba e hoje vive em Madrid, na Espanha. Ele trabalha como camareiro e conta que por lá, a quarentena deve seguir até março de 2021.

Na França, o país mais afetado pela segunda onda de contágio na Europa, são mais de 2 milhões de casos de covid19. No início da semana a Itália registrou 731 óbitos, o pior número desde o início de abril. A Espanha contabilizou 411 mortes em um dia, o que também não acontecia desde abril.

Outra sorocabana, Adriana Pelegrino mora há 2 anos em Dublim, capital da Irlanda. O país foi o primeiro da união europeia a determinar novamente o Lockdown.

Os brasileiros contam que nesta segunda onda, a sensação é de que as pessoas estão preparadas e levando mais a sério as medidas de restrição na Europa.

Comente

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato!